Enquanto o espaço de negócios online é dominado por grandes empresas como Amazon e eBay, ainda existem muitas oportunidades para os empreendedores que queiram ganhar dinheiro por meio da Internet iniciarem um negócio online lucrativo.

Qualquer que seja o seu nicho de mercado, qualquer que seja o seu produto, qualquer que seja a sua indústria, há um lugar para você no mercado.

E com inúmeras ferramentas, serviços e estratégias comprovadas à disposição dos empresários online, nunca foi tão fácil iniciar um negócio online e obter um lucro enorme.

A oportunidade e o potencial para lucrar está apenas melhorando no mercado online. Vários fatores estão em jogo, graças a algumas tendências muito positivas no negócio online.

  •  Mais pessoas do que nunca estão comprando online. De acordo com a empresa Mintel, 42% dos brasileiros estão comprando regularmente. Isso significa que ainda há muito o que explorar para vender pela internet.
  •  As vendas realizadas via online cresce a cada ano mesmo com a crise que o Brasil vem passando.
  •  Os softwares e as ferramentas online disponíveis permitem a qualquer um criar e manter um site de comércio eletrônico. E que você pode fazer para sempre por menos de R$100,00 reais.
  •  O Marketing online é barato e fácil – mais uma vez, qualquer um pode fazê-lo. E com as plataformas como Facebook e Google, existem cada vez mais formas de chegar aos seus clientes.

Mas como começar? Como ter uma renda passiva no qual permita sair do seu emprego atual e aproveitar o tempo e a liberdade financeira?

Como qualquer coisa na vida, você começa desde o início. Aqui estão os passos para construir o seu negócio online, métodos testados e utilizados por milhares de empreendedores bem sucedidos online.

♢  ♢  ♢

Escolha um mercado lucrativo

Aqui é onde você tem que colocar o seu ego de lado por um minuto.

Você pode ter tido um “negócio dos sonhos” em mente durante anos. Você só sabe em seu coração que um certo nicho é lucrativo ou que um certo produto venderá como gangbuster.

Mas até que se faça a pesquisa real de mercado, você não saberá realmente. E não vale a pena investir seu capital inicial – tempo e dinheiro – até ter certeza de que vale a pena investir neste determinado mercado.

Você precisa identificar quais nichos são populares neste momento e que tipos de produtos são os mais “quentes”. Mas tenha o cuidado de não usar nada que seja produtos momentâneos e que logo em seguida sairão de moda.

Em vez disso, você precisa ter algo que tenha poder de permanência. Segue abaixo alguns mercados estáveis:

  • Animais de estimação – Mercado que cresce muito, desde rações até milhares de acessórios.
  • Exercícios e perda de peso.
  • Suplementos alimentares e tratamentos naturais.
  • Viagens.
  • Fotografia.
  • Jogos de vídeo game.
  • Diversos outros.

Estes citados são os nichos, ou seja, são campos mais amplos. Procure se aprofundar em seus sub nichos, pois você achará públicos mais fieis e bem mais propensos a comprar o seu produto do que vender para uma grande quantidade de pessoas, ainda mais no começo do seu negócio online.

Algumas maneiras de identificar um mercado quente são olhar para os varejistas online como Amazon.com, Mercado Livre – quais são os mais vendidos? Fique atento às notícias também: pegue revistas e veja o que estão anunciando e falando. Observe também os anúncios e o que as pessoas estão falando no facebook. Pesquise no Google Trends e veja as tendências do mercado Nacional e Internacional. Tudo isso fornece pistas para encontrar um mercado potencialmente lucrativo.

Pode parecer contraintuitivo, mas você quer ver muita concorrência em seu mercado. De fato, é melhor, pelo menos para um pequeno empresário como você, não ser um pioneiro, que é o primeiro a comercializar. Você quer ir para onde já existe um grande grupo de pessoas que estão prontas para comprar.

O que resta a fazer é combinar um destes nichos lucrativos que tenham sido comprovados com algo que você tenha interesse. Com tantos mercados potenciais por aí, certamente encontrará uma maneira de combinar a sua paixão com os benefícios.

♢  ♢  ♢

A maneira mais fácil de iniciar um negócio online: Marketing de Afiliado

Uma vez que tenha escolhido o seu nicho de mercado com potencial de ganhos, é hora de descobrir o que vender.

Felizmente, você não tem que desenvolver ou produzir seus próprios produtos! Há uma maneira fácil de aproveitar os produtos existentes com experiência comprovada de lucratividade. É o chamado marketing de afiliação.

Com o marketing de afiliados, em sua grande maioria são comprovadamente vendidos, e você não terá que se preocupar com a entrega, armazenamento, gerenciamento de pedidos, serviço ao cliente, reembolsos, ou qualquer outro aspecto tradicional de varejo.

Em um negócio de marketing de afiliados, você faz o Marketing e a promoção de produtos através de seu site, blog ou das redes sociais e o produtor (pessoa ou a empresa que criou o produto) faz o resto. E, como afiliado, você recebe uma comissão cada vez que alguém faz a compra. Esta é uma ótima maneira de começar o seu negócio.

A Amazon tem um bom programa de afiliados, com uma ampla variedade de produtos.

Hotmart, Eduzz, Monetizze, Clickbank especializam-se em produtos de informação, mas também possuem produtos físicos. Você também vai encontrar grandes varejistas no CJ Affiliate.

Mas quase todos os nichos e a indústria tem um programa de afiliados. Faça algumas pesquisas online que você achará diversas empresas que trabalham com programas de afiliados.

♢  ♢  ♢

Outras fontes de produtos rentáveis

O marketing de afiliados é a maneira perfeita para começar um negócio online. E pode ser a única fonte de produtos – esse modelo tem o potencial de ser muito lucrativo e pode ser facilmente ampliado.

Mas há outras fontes de produtos por aí, e você não precisa se comprometer com um grande investimento financeiro para usá-los.

Dropshipping é muito semelhante ao marketing de afiliados. Neste modelo, você vende também produtos de outras empresas. Você comercializa os produtos em seu site. Mas desta vez as encomendas são processadas. Quando os visitantes compram em seu site, você compra do seu parceiro de dropshipping, e ele fica encarregado de embalar, trocar (caso necessite) e enviar o produto para o seu cliente.

Algumas empresas de dropshipping deixam você colocar a sua marca nos produtos que eles vendem. Basta você enviar a sua marca ou o material da embalagem e eles embalam os produtos com a sua marca, isso tudo precisa ser combinado com o seu fornecedor.

É claro que, se você estiver pronto para criar seus próprios produtos, poderá fazer isso também. Mas criar um produto físico requer um grande investimento inicial sem nenhuma garantia de retorno.

Uma forma menos arriscada de vender seus produtos é a criação de produtos de informação, incluindo e-books, sites, vídeos e programas de áudio.

Por exemplo, se você estivesse no nicho de jardinagem orgânica, você poderia ter um e-book sobre o cultivo de melancias orgânicas, ou um vídeo mostrando as melhores técnicas de controle de pragas sem pesticidas.

Se for eletrônico, pode ser facilmente armazenado na nuvem ou em sua unidade de disco rígido e entregue através da Internet. Isso o torna extremamente de baixo custo e de esforço. O único gasto que você terá desenvolvendo estes produtos será o seu tempo e experiência.

♢  ♢  ♢

Configure o seu site para um controle completo

Você tem o seu produto e o seu mercado. Agora é o momento de criar a sua própria loja online, que é onde você comercializará e venderá os seus produtos.

Você não precisa ser um gênio da tecnologia para criar seu próprio website para o seu negócio online, e não precisa de contratar um webdesigner caro. Com softwares, programas e serviços disponíveis hoje em dia, qualquer um pode criar um site de aparência profissional, que inclui um carrinho de compras, estratégia de criar lista para enviar e-mail marketing, blogs e tudo mais do que você precisa para ter sucesso com o seu negócio online.

E a melhor parte de tudo isso é que quase tudo você consegue fazer gratuitamente ou pelo menos, a um custo muito baixo. Programas como o WordPress ou Squarespace oferecem modelos prontos para você criar um site. Criar sites nessas plataformas é muito fácil, você não precisa de saber de programação e hoje em dia existe muitos vídeos ensinando cada detalhe na montagem de um website.

Estas são plataformas robustas, com muitos aplicativos e plugins para a otimização dos mecanismos de buscas (SEO), estratégias de marketing, análise para monitorar os visitantes do seu site e muito mais.

No que diz respeito a obter hospedagem na Web e escolher um nome de domínio, você pode lidar com isso com o mesmo serviço usado para criar o site ou com um serviço especializado, como a Godaddy.

Claro, você pode contratar um profissional para construir o seu site, mas esta abordagem traz desvantagens significativas. São caros, por exemplo. Muitas vezes, demoram muito tempo, especialmente se contratar um que tenha uma carteira de clientes muito grande. Você deve entrar em contato com eles (e pagá-los) sempre que quiser fazer alterações. E geralmente eles cobram por hora, o que não é bom quando você está iniciando e não tem uma verba muito grande.

Mas com essas plataformas que foram mencionadas como o WordPress, você não tem que se preocupar com tudo isso. Você é responsável por seu site e pode fazer alterações 24 horas por dia, 7 dias por semana, tendo total controle no seu negócio online.

Existe empresas que além de ser uma plataforma de e-commerce ela oferece produtos para que você possa vender no modelo de dropshipping, como é o caso da Shopify que possui uma empresa Oberlo que oferece produtos para que você possa colocar em sua loja virtual.

♢  ♢  ♢

Criar uma lista e promover produtos com E-mail Marketing

Quando você tem uma empresa, você precisa de clientes para sobreviver. Isso é o óbvio. Mas, como encontrar pessoas que estejam interessadas no seu produto e transformá-las em um comprador?

Para uma pequena empresa online, a melhor solução é descobrir em seu mercado quem é o público-alvo, desenvolver estratégia para captação de e-mail, e em seguida, trabalhar o marketing e estratégia de vendas desta lista.

Hoje existe diversas empresas que automatização esses e-mails marketing, como o Mailchimp, GetResponse, LeadLovers e diversas outras ferramentas que você encontra pesquisando no google.

Você pode criar sua própria lista de e-mails de várias maneiras. Uma vez que você tem sua própria lista de assinantes, você precisa começar a comercializar para eles. Mas não se trata de enviar ofertas para vender dia após dia. Caso faça isso, as pessoas cancelarão a inscrição ou denunciarão você como SPAM.

É importante enviar informações valiosas para os seus potenciais clientes. Dê-lhes um monte de presentes – dicas e truques em seu nicho. Isto permitirá que eles te conheçam, gostam e confiem em você. Você pode “aquecê-los” com conteúdo valioso em um boletim informativo, por exemplo. Você também pode fazer isso no seu blog, e-book, relatórios especiais, publicações no Facebook, vídeos e áudio.

É claro, você está entregando conteúdos valiosíssimos, porém, você quer e precisa ganhar dinheiro com seu negócio online, pois você possui diversos custos para sustentar o seu site. Portanto, além do conteúdo, também é necessário misturar as ofertas de venda.

Você não pode simplesmente enviar uma oferta de um produto: tem que mostrar-lhes as vantagens do produto. Você precisa pintar um quadro (figurativo) que lhes mostre como será melhor para a sua vida, se usarem o seu produto. Você deve fornecer provas de que funciona.

E, por último, é necessário dar-lhes um impulso para comprar o produto – uma oferta especial que não se podem recusar. As pessoas são naturalmente resistentes a comprar algo novo, por isso, a necessidade de criar campanhas com entusiasmo e desejo pelo seu produto.

Você faz isso com uma cópia efetiva das vendas. É a arte de usar palavras para explorar a psicologia do consumidor. Você também deve usar estes princípios em praticamente todas as comunicações com os clientes, no site, no e-mail, mensagens de mídias sociais ou nos seus anúncios pagos.

Se pretende escrever o seu próprio texto, é importante que você estude as técnicas de Copywriter e marketing publicitário, concentrando-se para o marketing de resposta direta. E há uma tonelada de informações gratuitas por aí, em sites como o Copyblogger.com (em inglês, porém, possuem os melhores conteúdos sobre esse assunto). Caso queira um acompanhamento, existe diversos cursos no mercado como, o CopywriterLAB ( vale muito a pena conferi-lo).

♢  ♢  ♢

4 maneiras de direcionar o tráfego para o seu negócio online

O método mais barato, mas que consome mais tempo de direcionar o tráfego para o seu negócio online é, de forma lenta, mas segura, é adicionar conteúdo valioso (escrito ou vídeo) sobre o seu nicho em seu site e / ou blog.

Isso vai atrair a atenção dos mecanismos de busca como o Google. Estes esforços de otimização para motores de busca SEO ( Search Engine Optimization – Otimização dos Mecanismos de Buscas), serão recompensados pelo aumento de tráfego para o seu site de aqueles que buscam informações sobre o tema.

Um percentual de estas pessoas também se inscreverão em sua lista de e-mail. É por isso que é importante ter um “box” de captura de registro de e-mail em lugares estratégicos para que você possa captar esses leitores e potenciais clientes, e trabalhar com as suas campanhas de automação de e-mail marketing.

Mas para que isso funcione, você tem que ser consistente. Você deve adicionar conteúdo atualizado e relevante várias vezes por semana, se não diariamente.

Digamos que tenha um negócio de ioga. Você poderia escrever sobre tendências, disponibilizar DVDs de ioga, comentar novas histórias relacionadas a ioga e comentar sobre estilos de ioga. Inicie uma conversa com seus potenciais clientes e ofereça-lhes informações e ideias valiosas, e faça de uma maneira que agrade os seus potenciais clientes que estarão pesquisando informações sobre o tema.

As mídias sociais são uma outra forma econômica de atrair tráfego para o seu site e criar a sua própria lista. Com Facebook, Twitter e outras plataformas de mídia social, você pode criar uma conta gratuita e publicar conteúdo da sua empresa. Tal como acontece com os blogs, ou o conteúdo da web, deve ser uma mistura de conteúdos úteis e práticas, bem como convites diretos para visitar o seu site e se inscrever na lista (ou até mesmo comprar produtos).

Mais uma vez, poste regularmente e seja consistente com as suas mensagens.

Uma das plataformas mais importantes de tráfego, é o YouTube. Em muitos aspectos, é um dos principais mecanismos de busca do mundo: se as pessoas tiverem alguma dúvida sobre um determinado assunto, muitas vezes vão para o YouTube para encontrar a resposta. Para aproveitar isso, você pode postar um vídeo explicativo, conteúdo relacionado ao seu nicho, vídeos de instruções, passo a passo, etc. Basta fornecer conteúdo útil e um link para o seu site.

Existe um estudo que em 2020 os vídeos terão 80% do tráfego de toda internet, ou seja, invista em desenvolver vídeos pois você terá um retorno muito mais satisfatório. E não precisa de muito, basta ter um celular, uma boa iluminação, um microfone de lapela (que é baratinho) e um programa de edição de vídeo que existe vários gratuitos ou de baixo custo pela internet.

É claro que há, também métodos de publicidade paga para direcionar o tráfego, incluindo anúncios de banner, de anúncios de pagamento por clique (pay-per-click), e muito mais.

Mas isso pode ficar caro. Portanto, recomendo que se concentre primeiro em trabalhar com tráfego gratuito. Tenha o seu site como você quer que seja, acerte o seu mix de produtos, defina o seu negócio online e comece a fazer algumas vendas. Então, uma vez que consiga alguma receita, você comece a explorar os anúncios pagos.

♢  ♢  ♢

Finalizando

Este foi um artigo intensivo para começar o seu negócio online a partir do zero. Pode parecer um pouco complexo e assustador, mas com muito estudo e esforço, tenho certeza que você começará a ter muito sucesso na internet.

Este processo leva algum tempo e esforço, e você terá que tomar decisões difíceis ao longo do seu caminho. O truque é fazer algo todos os dias e ir em ordem: Encontrar o seu mercado, então, seu produto e, em seguida construa o seu site e comece a comercializá-los. Faça isso, e construirá uma base sólida para um negócio que vai durar e gerar receitas para os próximos anos.

Posts Relacionados

  • renda

Como Ganhar Mais e Trabalhar Menos

8 de Agosto de 2018|

Você quer continuar trabalhando 50, 70, 100 horas por semana pelo resto da sua vida? Acredito que não. Bom, nem eu. Então, você deve considerar construir suas fontes de renda passiva . Renda passiva [...]

  • Facebook-e-Instagram-tempo-na-timeline

Saiba como controlar o seu tempo gasto no Facebook e Instagram

7 de Agosto de 2018|

Facebook adiciona painéis de atividades no Facebook e no Instagram para ajudar os usuários a rastrearem o tempo gasto Depois de ser descoberto em testes no início deste ano, o Facebook lançou oficialmente no [...]

  • Startups de Sucesso

Os Segredos das Startups de Sucesso do Vale do Silício

6 de Agosto de 2018|

Quando você pensa em startups de tecnologia e empreendedorismo, o que vem à mente? Para a grande maioria das pessoas, a resposta é o Vale do Silício e a área da baía circundante, que se tornou mundialmente conhecida [...]

  • capa-Whatsapp-Negócios

WhatsApp anuncia novas ferramentas de negócios

2 de Agosto de 2018|

O WhatsApp anunciou algumas novas ferramentas de negócios à medida que o aplicativo se movimenta lentamente em direção à monetização - e cria outro novo fluxo de receita para a empresa-mãe Facebook. [...]